Página Inicial / Geral / GUARAPARI E VILA VELHA: PM/ES MPSP- GAECO- PRF e PF Realizam grande operação que apreendeu mais de 500 quilos de entorpecentes

GUARAPARI E VILA VELHA: PM/ES MPSP- GAECO- PRF e PF Realizam grande operação que apreendeu mais de 500 quilos de entorpecentes

Unidades da Polícia Militar do Espírito Santo participaram da “Operação Solis” em conjunto com o Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP- GAECO) e com apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Federal.

O objetivo da ação é apurar o tráfico de drogas por integrantes da organização criminosa do Primeiro Comando da Capital (PCC) em cidades dos Estados de São Paulo e Espírito Santo.

Foram cumpridos cinco mandados de busca nos municípios de Vila Velha e Guarapari que resultaram na prisão de sete pessoas, a apreensão de mais 500 KG de cocaína e uma enorme quantidade de materiais utilizados para embalagem da droga.

Todo o material e dos detidos foram encaminhados para a Polícia Federal.

Nos bairros Santa Paula e Interlagos, no município de Vila Velha, as equipes de Força Tática e K-9 da 13ª Companhia Independente detiveram três suspeitos e aprenderam grande quantidade de material entorpecente e diversos outros que seriam utilizados para realizar o tráfico.

Parte dos entorpecentes já estavam inclusive preparado para ser afixado na parte submersa de cascos de navio, a fim de ser transportado para outros continentes com menor possibilidade de rastreio.

No total foram apreendidos 507,5 kg de pasta base de cocaína.

Participaram diretamente da operação, 51 policiais militares do Espírito Santo, sendo 20 do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do Ministério Público do Espírito Santo (NI-AMMP), 16 da 13ª Cia Ind, oito do 4° BPM e sete do 10° BPM, além dos agentes da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Federal.

 

Você pode Gostar de:

SIMPLES NACIONAL: Empresas participantes podem ganhar dois meses para regularizarem débitos

Os negócios de pequeno porte e os microempreendedores individuais (MEI) poderão ganhar mais dois meses …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *