Página Inicial / Geral / Municípios poderão parcelar débitos com INSS inscritos em dívida ativa, parcelamento em até 20 anos terá desconto na multa e nos juros

Municípios poderão parcelar débitos com INSS inscritos em dívida ativa, parcelamento em até 20 anos terá desconto na multa e nos juros

As prefeituras que têm débitos com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inscritos na Dívida Ativa da União poderão renegociar as pendências. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) editou portaria que institui um parcelamento especial para esses municípios.

Os débitos vencidos até 31 de outubro do ano passado poderão ser divididos em até 240 meses (20 anos). Eles deverão estar inscritos na Dívida Ativa da União até a adesão ao parcelamento. Dívidas relativas a obrigações acessórias e a contribuições incidentes sobre o décimo-terceiro salário dos servidores municipais também poderão ser renegociadas.

De acordo com a portaria, publicada hoje (16) no Diário Oficial da União, os débitos parcelados terão desconto de 40% nas multas (de mora, de ofício e isoladas), de 80% nos juros de mora, de 40% nos encargos legais e 25% nos honorários advocatícios.

O pagamento das parcelas poderá ocorrer por meio de retenções nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios, que destina às prefeituras parte da arrecadação do Imposto de Renda, do Imposto sobre Produtos Industrializados e do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços. Os valores descontados serão repassados à União.

Pela legislação atual, as prefeituras que não conseguem estabelecer um regime próprio de Previdência para os servidores municipais contribuem para o INSS. Normalmente, os servidores dos municípios de menor porte estão submetidos a esse regime.

Fonte: Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília  Foto: Arquivo

Você pode Gostar de:

ELEIÇÕES 2022: Veja como funciona a vaquinha virtual nas eleições, arrecadação pode começar a partir do dia 15 deste mês

  O processo eleitoral de 2022 será o terceiro no Brasil a utilizar o financiamento …