Página Inicial / Assitência Social / Polícia Federal combate fraudes ao INSS, grupo criminoso responsável por esquema de fraudes

Polícia Federal combate fraudes ao INSS, grupo criminoso responsável por esquema de fraudes

8dcab284-44b8-4096-94e1-5a6f361bdfbc.jpg

Salvador/BA – A Polícia Federal, em ação conjunta com a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT) do Ministério do Trabalho e da Previdência, deflagrou ontem (16/12) a segunda fase da Operação Heterônimo, visando combater fraudes ao INSS.

A ação é continuidade das investigações que levaram às prisões, em junho deste ano, de duas pessoas em flagrante, no interior de uma agência bancária desta Capital, ocasião em que se impediu o saque de cerca de R$ 30 mil referente a um benefício do INSS fraudulento.

As investigações demonstram que os fraudadores têm por modus operandi a criação de segurados fictícios, mediante documentação falsa, e posteriormente arregimentação de idosos para funcionarem como dublês, a fim de obter vantagens indevidas junto ao INSS/Bancos.

O alvo desta fase da Operação é um(a) funcionário(a) da prefeitura de Acajutiba/BA, que estaria relacionado(a) com as fraudes.

Os envolvidos poderão responder por diversos crimes, dentre eles integrar associação criminosa (art. 288 do CPB), estelionato previdenciário (art. 171, §3º do CPB), falsificação de documento público (art. 297 do CPB), uso de documento falso (art. 304 do CPB), com penas que, se somadas, podem chegar a mais de 25 anos de prisão.

Fonte/Foto: Comunicação Social da Polícia Federal na Bahia

Você pode Gostar de:

Coreia do Norte dispara mais dois mísseis, é o quarto lançamento de armas neste mês

A Coreia do Norte disparou na segunda-feira (17) para o mar o que se suspeita …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *